domingo, julho 22

Tanta coisa para dizer

Deixei passar o timing de dizer algumas coisas... ora temos pena!
Mas de facto o tempo passou.
Ausentei-me.
Deu-me a dormência?
Nada disso... às vezes apenas mato a caneta com que escrevo e por lá fico afogada na tinta.

Depois há dias que esta vida nos aperta e demoramos a perceber onde está o aperto,
se na barriga se no colarinho (não é insaciável pessoa?).

O verão ainda não chegou, temos pena!
Cansei de lhe mandar emails!
Contigo ou sem ti, meu caro, a praia das pocinhas já me chamou!

Depois decidi portar me bem.
Voltei a ser Monja Tibetana... fica me tão bem a farda!
Só já falta rapar o cabelo de novo... ainda não me decidi, o calor ainda não apertou e ando com este ar de urso desgraçado e encaracolado. A coisa não tá fácil. A escova que diga. Mas a puta não diz nada, merda e sou eu que sofro!
Detesto pentes, sapatos e roupa confusa! E não necessariamente por esta ordem!
(fodaaaassssee... não dizes nada de jeito, clica no butone e pisga te pá!)

Bem... vou as couves....

2 comentários:

Insaciável disse...

Ai, queres ver que agora sou eu que te tenho que dar umas palmadas?

Mas que espírio é este?

O Verão está aí, toca de te embelezares e ir curtir a vida.

Onde é que essa praia das pocinhas para eu lá ir e me pagares uma bejeca?

(relendo o texo: vou-te dar umas palmadas, vou...)

Beijos

Garamond disse...

Sabes... ando a guardar palavras para outros textos...

Não adianta dares palmadas sou insensível a pancada! :p

Quanto à praia das pocinhas... os teus pezinhos delicados não aguentavam o rochedo e os pedregulhos! ahhahahah

"relendo o texo" - querias dizer... relaxando o sexo, relendo o nexo ou quiça relendo o texto? Fiquei na dúvida!

bjs