terça-feira, junho 28

Acção pedagógica I

Hoje queridas kengas e oubintes vamos falar do cíume... esse sentimento avassalador que vos coisa a coisa...

Ora bem, o ciume como sabemos é uma coisa feia... é uma tragédia (não é TRAGÉDIA?).

O ciume corrompe a alma, devora-nos os olhos e envena a lingua.
Até aqui chegou o Neves, a Júlia, ah e o Sr. Dias também!

Vamos lá a ber se vós chegais... o ciume não presta!
Para quê ter ciume?
Para que cultivar essa flor do mal quando podemos fazer florzinhas a toda a hora, hei?

Fazei flores minhas amigas, acreditai no poder do AMOR!

Por falar nisso... um dia desteeeeess vamos fazer aqui uma corrente do amor... vocês trazem as vossas amiguitas solteiras e soltas na vida e eu com um script poderoso e milagroso que possuo faço os ajuntamentos on-line!

Não me tinha lembrado desta... pode ser uma linha de potencial negócio... ah mas onde estava eu? (jasuz kerédo como tou lerda!)

Ah... o ciume!

A pergunta que tenho para vos colocar é a seguinte:

- O que é o ciume? Temos ciumes de quem amamos por se dedicar a outrém ou temos ciumes por outrém rondar a coisa que amamos?
... é que nunca percebi bem a que se refere os ciumes...

Dou um coiso e um queijo da serra a quem me explicar direitinho!

3 comentários:

BB disse...

Aconselho vivamente a todas as pessoas que virem este post que não o comentem, deixam espaço e páginas para que a nossa amiga Tragédia dê asas á sua fraqueza e se exponha, se liberte , descarregue esse fardo maldito que ela carrega, o ciúme!!!!!!

Tragédia vai-te fazer bem , acredita em mim que sou tua amiga e nunca te enganei... porra nem quero se não ainda tinha de casar com este estrampalho, cruzes canhoto ;)

TRAGÉDIA disse...

a tragédia é casada ... de papel passado e tudo , tem srª , tem filhas , tem casa ... enfim ... tudo !!!!

Lilás disse...

Como sou uma rapariga solteira (pelo menos durante a semana), eu posso comentar...

Ciume é palavra "trágica" nos dicionários da nossa vida sentimental...