quinta-feira, junho 14

A dieta Lésbica

Querido Diário,

Hoje começo a fazer dieta.
Preciso perder alguns quilos. O médico aconselhou-me a fazer um diário, onde devo colocar a minha alimentação e falar sobre o meu estado de espírito.
Sinto-me de volta à adolescência, mas estou muito empolgada com tudo.

Por mais que a dieta seja dolorosa, quando conseguir entrar naquele vestidinho preto de decote maravilhoso, vai ser bom demais e posso ir dar a anquinha para a Maria Lisboa sem remorsos.

A OUTRA vai morrer de inveja quando me vir. Isto se não tiver um ataque de ciumeira!

Primeiro dia de dieta:
Um queijo diet. Um copo de leite magro.
Meu humor está maravilhoso. Sinto-me mais leve. Uma leve dor de cabeça talvez. Porventura é o peso da armadura com que a OUTRA me presenteou o mês passado.

Segundo dia de dieta:
Uma saladinha básica.
Algumas torradas e um copo de iogurte. Ainda me sinto maravilhosa.
A cabeça dói um pouquinho mais forte, mas nada que uma aspirina não resolva.

Terceiro dia de dieta:
Acordei de madrugada com um barulho esquisito. Achei que fosse algum ladrão. Mas, depois de um tempo percebi que era o meu próprio estômago roncando... Tomei um litro de chá. Passei a noite a levantar-me para mijar.

Anotação: Nunca mais tomo chá de camomila.


Quarto dia de dieta:

Estou começando a odiar salada. Sinto-me uma vaca a mascar pasto verde. Estou meio irritada. Mas acho que é do tempo. Merda para o sol de Verão que tarda em aparecer!

Minha cabeça parece um tambor. A Nela comeu uma fatia de bolo de chocolate ao almoço. Mas eu resisti.

Anotação: Odeio a Nela...


Quinto dia de dieta:
Juro por Deus que se vir mais um pedaço de queijo diet na minha frente, vomito! No almoço, a salada parecia rir da minha cara. Gritei com o moço dos recados hoje! E com a Nela...

Preciso de me acalmar e voltar a concentrar-me. Comprei uma revista lésbica com a Bette da L Word na capa. É a Minha Meta. Não posso perder horizontes!


Sexto dia de dieta:

Estou um trapo. Não dormi nada esta noite. E o pouco que consegui, sonhei com um pudim flan. Acho que hoje mataria por um queque de limão..


Sétimo dia de dieta:
Fui ao médico. Emagreci 250 gramas.
Merda! A semana toda só comi erva. Só falta mugir e perdi 250 gr!

O Gajo explicou que é normal. Mulher demora mais tempo a emagrecer, ainda mais na minha idade. O filha da puta do maricas do médico chamou-me de gorda e velha!

Anotação: Procurar outro médico.


Oitavo dia de dieta:
Hoje fui acordada por um frango assado. Juro! Ele estava à beira da cama, a dançar o can-can.

Anotação: O pessoal do escritório olharam-me de forma estranha hoje, Nela diz que é porque estou parecida com as olheiras da Odete Santos...

Começo a achar que além de fufalhona decrépita a Nela não é assim tão tão minha amiga...


Nono dia de dieta:

Não fui trabalhar hoje. O frango assado voltou a acordar-me, desta vez com a dança-do-ventre . Passei o dia no sofá a ver os vídeos da 4 série da L Word e mamei com todos os programas da manhã na TV, desde o paneleiro do Goucha à boazona da Sónia do Porto...

Acho que existe uma tramóia a nível mundial contra mim. Todos os canais deram receitas culinárias. Ensinaram a fazer Torta de morangos, bacalhau com natas e mãozinha de vaca com coentros.

Anotação: Comprar outro comando de Tv, num acesso de fúria, o meu voou pela janela. E aquele até tinha valor sentimental...a OUTRA tentou muitas vezes violar-me com ele!


Décimo dia de dieta:

Eu odeio a Bette... é lésbica demais!


Décimo-primeiro dia de dieta:
Dei um pontapé no cão da vizinha do primeiro andar. Gritei com a mulher da limpeza. O estafeta não entra mais na minha sala e as secretárias encostam-se à parede quando eu passo...


Décimo-segundo dia de dieta:
Sopa.

Anotação:
Nunca mais jogo à bisca com o frango assado. Ele é batoteiro.


Décimo-terceiro dia de dieta:
A balança não se mexeu. O ponteiro nem se moveu! Não perdi um miserável grama!

Comecei a rir. Assustado, o paneleiro do médico sugeriu um psicólogo. Acho que chegou a falar em psiquiatra. Será que é porque eu o ameacei com um bisturi?

Anotação: Não volto mais aquele médico, o frango acha que ele é um charlatão. Já disse ao João Carlos que com um namorado daqueles não vai longe... se o metesse no cu fazia melhor...


Décimo-quarto dia de dieta:
O frango apresentou-me a uns amigos. O entrecosto é boa gente e a torta, embora meio enfezada, é um doce de criatura...


Décimo-quinto dia de dieta:
Matei a Bette! Cortei aos pedacinhos todas as fotos de lésbicas magricelas que tinha em casa.Com os DVD’s da L Word fiz patins e andei a deslizar com eles pelo corredor...

Anotação:
O frango e os amigos estão chateados comigo. Comi um pedaço do Sr. Pão. Mas foi em legítima defesa. Ele ameaçou-me com um chouriço alentejano.


Décimo sexto dia:
Não faço mais dieta! Aborrecida com o frango, comi–o com o pão. E arrematei com a torta. Ela realmente era um doce... Caguei para as miúdas da Maria Lisboa e nos próximos tempos só vou ao Memorial!

Frase do dia:
"Estou fazendo a dieta da sopa das caras de bacalhau... Se der tudo em águas de bacalhau, eu como!"


(adaptado de material circulante por email sem autor)

5 comentários:

Íon disse...

ahahahahahahaha....De morrer a rir!!

Insaciável disse...

Dietas....braggggggggggg

Viz disse...

Querida G.,
não desanimes, para alem de gorda e velha assim ficaras tb deprimida (=mais dinheiro para os médicos).
Ora agora, só um pormenor na tua história, o tal do João Carlos é o conhecido (no deserto....) cabelereiro? ;O)

Garamond disse...

LOL

o João Carlos saiu... podia ser Manel ou António... ficção...ficção... sei lá eu quem é o cabeleireiro...

:p

Gar

Sohoo disse...

Lolol! Só rir!

beijo