terça-feira, junho 28

so eu posso falar nisto...

Um velho campino, típico e tradicional do nosso Portugal, contemplava,
como era seu costume, os touros a pastar nas lezírias à luz de mais um
tranquilo pôr-do-sol.

Pelo pitoresco do quadro e pelas vestes, que sempre envergava com assumido orgulho, era alvo da curiosidade de todos os turistas e transeuntes de outras paragens.

Naquele dia, uma jovem aproximou-se dele e fez-lhe a pergunta do costume:
- O senhor é campino?
- Sou, sim, Menina.
- Um campino verdadeiro?
- Claro!!!
- Há muitos anos ?
- Sim! Todos os dias conduzo os meus animais, e aos Domingos levo-os a lides triunfantes nas mais conceituadas arenas de Portugal!

Naquele dia, por ter acordado um pouco mais falador, colocou ele uma questão:

- E a menina ?
- Eu sou lésbica. Acordo a pensar em mulheres, tomo banho, como, trabalho,
adormeço e sonho a pensar em mulheres e de manhã acordo a pensar em mulheres!

No dia seguinte, foi a vez de uma outra excursão perturbar a calma local.
O grupo, curioso, aproximou-se do velho campino e perguntou-lhe :
- O senhor é campino ?

Após uma pequena pausa, o velho campino respondeu, um tanto atrapalhado:
- Toda a minha vida pensei que sim. Mas afinal, ontem descobri que sou lésbica....




Pois... ele há dias... que a coisa se descobre!

3 comentários:

zibl disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
zibl disse...

ah ah fizeste-me rir com essa... a historinha lembrou-me o que me disse, há muuuuuuuitos anos, um psiq conceituado (na época), q os meus pais tentaram que me... curasse: "Menina, o lesbianismo não existe realmente, a não ser em casos raríssimos de desequilíbrio mental! Não existe na vida corrente, o que há são algumas mulheres perturbadas que se convencem que são lésbicas!".
Estamos sempre a aprender, verdade??

Anónimo disse...

e eu descobri que sou campina ...
nao sou lésbica !!!!!!!